10/07/2019 - 15:54:42
Administrador
bocha
9º Campeonato M. Bocha de Casais - Regulamento 2019

 

DEPARTAMENTO DE ESPORTES

 

9º CAMPEONATO MUNICIPAL DE BOCHA DE CASAL / 2019

(PAIS, FILHOS, SOBRINHOS E AVÓS)

 

REGULAMENTO GERAL

 

CAPITULO I – DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

 

ART. 1º - Este regulamento é o conjunto das disposições que rege o campeonato municipal de bochas.

ART. 2º - A equipe que participar será conhecedor da legislação esportiva aplicável deste regulamento, no que diz respeito nos seus direitos e deveres.

ART. 3º - É de competência do Departamento Municipal de Esporte interpretar este regulamento, zelar pela sua execução e resolver casos omissos.

 

CAPITULO II – DA FINALIDADE

 

ART. 4º - Promover a integração sócio-esportiva entre as varias representações do município e as pessoas que as integram;

 

·         Propiciar o desenvolvimento integral do cidadão realezense como ser social, autônomo, democrático e participante, contribuindo para o pleno exercício da cidadania;

·         Compensar os efeitos nocivos da vida moderna, contribuindo para preservação e promoção da saúde humana.

·         Valorizar a família através do esporte propiciando alegria e lazer aos participantes.

 

CAPÍTULO III – DA ORGANIZAÇÃO E DIREÇÃO

 

ART. 5º - Durante a realização do campeonato de bochas caberá ao Departamento Municipal de Esportes:

 

A)       Elaborar a tabela dos jogos, bem como definir os horários e locais;

B)       Convocar os participantes para reuniões, sempre que se fizer necessário;

C)      Receber e encaminhar através do CJDD – Comissão de Justiça e Disciplina Desportiva, os recursos impetrados pelas equipes, ficando estabelecida a taxa de 500,00 (Quinhentos reais) para a equipe que entrar com recurso;

D)      Orientar e supervisionar a modalidade em disputa.

 

CAPÍTULO IV – DA MODALIDADE E DA PARTICIPAÇÃO

 

ART. 6º - O campeonato será disputado em uma única modalidade: bochas em dupla de Casal.

-          Poderão participar todos os atletas, desde que não estejam cumprindo suspensão no Departamento de Esportes.

-          Só poderão participar atletas que pertençam a uma mesma família (Pais, filhos, sobrinhos e avós), sendo que a dupla deverá ser formada por uma pessoa do sexo masculino e uma do sexo feminino.

-          Será permitida o troca de atletas durante a competição somente com a autorização do Departamento de Esportes e sempre sendo do mesmo sexo e que tenha vínculo familiar.

 

ART. 7º - Haverá uma tolerância de até 15 minutos para o inicio do primeiro jogo, sendo que em caso do não comparecimento de alguma equipe, o jogo seguinte só poderá ter inicio antes do horário determinado se ambas as equipes estiverem completas.

 

ART. 8º Será obrigatório o domicilio eleitoral (título de eleitor), deste município ou comprovante de residência (conta de luz, água ou telefone), com exceção das equipes que foram aceitas no dia 19/06/2019 no Arbitral da competição.

Único – Conforme decidido em arbitral será permitido jogar atletas que não possuem o título de eleitor do município desde que apresentem algum vínculo com a comunidade.

Atletas de menor idade poderão participar desde que os pais comprovem residência e se responsabilizem pelos mesmos.

 

ART. 9º - Um mesmo atleta poderá inscrever–se apenas em uma equipe, caso inscreva–se em mais de uma, o mesmo será eliminado da competição.   

 

ART. 10º - O número de atletas inscritos é de 2 (dois) atletas por equipe sendo um do sexo masculino e outro do sexo feminino. Em caso especiais poderá haver substituição de atletas desde que autorizadas pelo Departamento de Esportes.

 

ART. 11º - Será permitida a inscrição de apenas dois atletas e caso um dos atletas não se fizer presente no local e horário previsto, a equipe poderá jogar com apenas um atletas, porém, com apenas duas bochas. Se não comparecer nenhum atleta, a equipe é considerada incompleta, perdendo assim por w x o e o resultado a ser considerado é de 12x00..

  • A Equipe que não comparecer só perde os pontos daquela partida e não será eliminada do campeonato desde que seja comprovada a sua ausência. Se faltar duas partidas é eliminado do campeonato e todos os jogos anteriores serão anulados e todos os resultados das partidas serão de 12X00 em favor do adversário mesmo aquele que já tenham jogado.

 

                Os atletas que não comparecerem (WxO) por motivo justificado, sofrerá as punições previstas.

 

ART. 12º - O valor das inscrições será de R$ 30,00 (trinta reais) por equipe, valor este que será revertido na premiação, sendo que o pagamento da inscrição deverá ser efetuado até a reunião do arbitral.

 

ART. 13º - As inscrições de atletas deverão ser feitas até o primeiro dia de jogo.

 

 

CAPITULO V:  DAS IRREGULARIDADES

 

ART. 14º - Todo e qualquer recurso deverá dar entrada no Departamento Municipal de Esportes até as 16:00 hs, do primeiro dia útil após o dia do acontecimento, obedecendo aos critérios do artigo nº 5 letra “c”, mediante o acompanhamento de provas e a taxa 500,00 (quinhentos reais). Se a equipe tiver razão quanto ao recurso impetrado, o dinheiro volta para a equipe. Se não tiver, vai para uma entidade assistencial do nosso município.

 

ART. 15º - Todo e qualquer ato de indisciplina, ou qualquer irregularidade que o atleta cometer, seja na condição de jogador ou torcedor, será registrado na súmula do jogo e a seguir tomado as providencias necessárias, passível de punição pela Comissão de Justiça e Disciplina de acordo com o código de Justiça e Disciplina Desportiva do estado do Paraná .

 

ART. 16º - A equipe que após ter sido comunicada da irregularidade de algum jogador e mesmo assim permanecer com tal atitude, será penalizado de acordo com o referido código, seguindo o campeonato conforme está independente dos jogos que esta equipe já teve, não retrocedendo. A equipe será automaticamente desclassificada, e a suspensão será válida para todas as competições organizadas pelo Departamento de Esportes.

 

ART. 17º - Todo atleta ou dirigente que utilizar–se de meios de comunicação para criticar decisões tomadas em reuniões onde a maioria presente entrou em consenso, tentando desmoralizar o trabalho e tumultuar o bom andamento da competição, se for réu primário terá um ano de suspensão, reincidente, três anos sendo eliminado de todas as competições organizadas pelo Departamento Municipal de Esportes.

 

 

CAPÍTULO VI : DA PREMIAÇÃO

 

ART. 18º - A premiação será a seguinte:

Do 1º ao 3º colocado um troféu para a equipe e medalhas à todos os atletas ,e mais:

1º - lugar 50% do valor arrecadado das inscrições

2º - lugar 25% do valor arrecadado das inscrições

3º - lugar 15% do valor arrecadado das inscrições

4º - lugar 10% do valor arrecadado das inscrições

A premiação será entregue em data e local a ser marcado.

 

 

CAPÍTULO VII: CRITÉRIOS TÉCNICOS DE CLASSIFICAÇÃO

 

ART. 19º - O sistema de pontuação para classificação será um jogo de ida e um de volta, com “duas vidas”, sendo observados os seguintes critérios:

a)       Para o início da competição quem estiver nos números ímpares jogarão a primeira partida em casa sendo o segundo jogo na casa do adversário (equipe que estiver nos números pares).

b)       A equipe que vencer vai para o lado dos “vencedores” e quem perder vai para o lados dos “perdedores”.

c)        A partir da segunda fase, quem tiver o melhor desempenho na fase anterior é que levará o segundo jogo (jogo de volta) em casa levando-se em consideração esta sequencia: 1-vitórias 2- saldo de bochas 3-maior número de bochas. Caso estes critérios não sejam suficientes para definir a equipe que joga a segunda partida em casa usa-se a fase anterior a esta, e assim sucessivamente, até que se chegue a um vencedor. Caso não seja possível faz-se um sorteio.

d)       Quando restarem apenas 4 equipes estas não terão direito a mais vida. 2 Equipes lado dos “vencedores” e 2 equipes lado dos “perdedores”.

e)       As duas equipes que estiverem do lado dos “vencedores” jogarão as suas partidas de volta em suas canchas e levarão esta vantagem até a final.

f)         Caso as duas equipes que estavam no lado dos “vencedores” ou as duas equipes do lado dos “perdedores” disputem a final, a equipe que tiver o melhor desempenho na fase anterior e/ou seguintes é que levará o segundo jogo em sua cancha.

 

 

 

ART. 20º – Em caso de empate nas fases “mata-mata”:

O primeiro critério a ser observado será “vitórias” e saldo de bochas. Se houver necessidade de ter um terceiro jogo, este será feito em uma cancha neutra á das equipes competidoras em local, data, horário e cancha à ser determinados pelo Departamento de Esportes sendo esta cancha pertencente as disputas do campeonato. Se houver acordo entre as equipes empatadas, a respeito da cancha, as mesmas deverão comunicar o Departamento de Esportes para a emissão da súmula da partida e determinação do local.

 

                                                 

ART.21º - O campeonato será disputado nos domingos a partir das 14:00hs, podendo ser realizados em outras datas em comum acordo entre as equipes não ultrapassando a data limite do Departamento de Esportes.

 

CAPÍTULO VIII : DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

 

ART. 22º - O campeonato de bochas será disputado de acordo com as regras oficiais da sul americana de bochas.

ART. 23º - Não será obrigatório o uso de uniforme. Os atletas impossibilitados de usar calçado poderão jogar descalço ou de chinelo.

ART. 24º - Todas as partidas serão disputadas até 12 (doze) pontos.

ART. 25º - Será autorizada a substituição de atletas, desde que seja do mesmo naipe (feminino ou masculino), somente em caso de doença ou impossibilidade de comparecimento justificável. Neste caso o atleta substituído deverá ser da mesma família (Pais , filhos, sobrinhos e avós). Os atletas não poderão ser substituídos no meio das partidas. Somente com a autorização Departamento de Esportes poderá ser feita a troca de atleta.

ART. 26º - Os jogos serão disputados em todas as canchas do município que apresentarem equipe;

ART. 27º - A comunidade que não tiver cancha deverá apresentar uma cancha junto ao Departamento de Esportes para realização dos seus jogos, sendo descartadas as canchas sintéticas.

ART. 28º - Fica a critério da equipe visitante o uso das bochas do mandante do jogo ou das  suas bochas.

ART. 29º - As equipes não terão direito a passeios.

ART. 30º - É de responsabilidade do bairro ou comunidade fornecer as bochas e deixar a cancha em condições de jogo.

ART. 31º - A arbitragem é de inteira responsabilidade da equipe que está oferecendo a cancha. Se houver necessidade de ter o terceiro jogo em cancha neutra, as equipes, da mesma forma serão responsáveis pela arbitragem.

ÚNICO: Nas semifinais serão indicados juizes neutros para as disputas dos jogos, desde que for verificada a necessidade.

ART. 32º - É dever das equipes retirar as súmulas e passarem os resultados dos jogos para o Departamento de Esportes.

Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos pela comissão organizadora do evento.

 

Departamento de Esportes

Jonas Luiz Busatta